Apresentador da SBT cometeu crimes assustadores! E pode ser preso ainda hoje!

Apresentador da SBT cometeu crimes assustadores! E pode ser preso ainda hoje!

A coletiva que o SBT promoveu com jornalistas para apresentar as próximas temporadas do “Bake Off Brasil” e “BBQ Brasil”, que aconteceu na última terça-feira (8), nas instalações da emissora, continuam dando o que falar na imprensa.

Nesta quarta-feira (11), o SBT fez uma coletiva de imprensa para apresentar as novas temporadas dos programas “Bake Off Brasil” e “BBQ Brasil: Churrasco na Brasa”.

A coletiva deu o que falar, pois a emissora teria proibido os jornalistas de fazerem perguntas pessoais a um dos jurados do programa, Carlos Tossi, que participa do “BBQ Brasil: Churrasco na Brasa”. As informações foram passadas pelo colunista do jornal “Estado de S.Paulo” Gabriel Perline.

A equipe de produção do SBT proibiu que todos os jornalistas fizessem perguntas de caráter pessoal ao jurado, ele foi tido como “blindado” pela emissora.

O motivo para isso é o passado de Tossi.

A informação que corre, segundo afirma o colunista Gabriel Perline, do Estadão, é de que o canal proibiu perguntas pessoais ao jurado Carlos Tossi. Ele teria sido “blindado” pela produção, que proibiu perguntas sobre assuntos pessoais.

A intenção era evitar possíveis saias justas sobre as condenações pelo crime furto qualificado e estelionato, por parte de Tossi.

Após a apresentação e as perguntas, ele acabou sumindo do local e não foi visto por ninguém que queria saber mais.

O apresentador já foi condenado por crimes de furto e estelionato, e poderia acontecer uma grande “saia justa” caso o apresentador fosse questionado sobre esses temas.

Após se apresentar na coletiva e responder algumas perguntas, Carlos Tossi sumiu do local e não falou com nenhum jornalista. Até mesmo, fora dos estúdios do SBT, ele optou por não conversar com ninguém da imprensa.