Bastante nervosa, Primeira Dama ‘vacila’ e erra na hora discursar no Palácio do Planalto

A primeira-dama Marcela Temer, mulher do presidente da República Michel Temer

Bastante nervosa, Primeira Dama ‘vacila’ e erra na hora discursar no Palácio do Planalto

A primeira-dama Marcela Temer, mulher do presidente da República Michel Temer, discursou nesta última segunda-feira, 28 de agosto, no Palácio do Planalto. O evento era para comemorar o lançamento do Programa Nacional do Voluntariado. Em seu discurso, a primeira-dama se mostrou muito nervosa com a situação, chegando até a errar as falas.

No evento, não havia teleprompter (equipamento ligado a aparelhos de vídeo em que auxilia o apresentador ou discursante a ler os textos que serão informados). A primeira-dama tentava mostrar o máximo de naturalidade, mas não foi isso que aconteceu. Enquanto falava e olhava para a plateia, Marcela acabou “derrapando” em algumas palavras, não conseguindo esconder todo o nervosismo.

Como Marcela foi colocada no Programa Criança Feliz

O Presidente Michel acompanhou todo o discurso de sua mulher, e, no final, evitou cumprimentá-la com um beijo. Temer apenas apertou as mãos da esposa. Como Marcela foi colocada no Programa Criança Feliz, eventos com o tema “solidariedade” em que se destacam os trabalhos sociais que estão sendo feitos pelo Governo, a primeira-dama comparece nessas ocasiões. Marcela foi a “madrinha” do Criança Feliz, Com um vestido cinza escuro ela  disse que ser um voluntário é demonstrar afeto e amorEla afirmou no discurso que todos devem se orgulhar daqueles cidadãos que buscam ajudar e auxiliar o próximo, mesmo vivendo momentos de profunda calamidade. 

 “Ouvir” é a maior demonstração de altruísmo que um cidadão pode dar para o outro falou a primeira Dama

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Marcela convidou o publico, através de seu Twitter, para que assistam à solenidade na televisão ou pela internet. No vídeo, a primeira-dama estava com um visual mais despojado, no evento anunciaram que o presidente Michel Temer receberá empresas ou cidadãos que possam exercer atividades voluntárias de caráter relevante para o Brasil. Essas pessoas ou empresas poderão concorrer a um prêmio anual, criado pelo governo.

O presidente poderá responder sua segunda denúncia feita pela procuradoria geral.

Michel Temer tenta se focar na presidência, porém ele não se livra de acusações de crimes como o de corrupção passiva. O presidente poderá responder sua segunda denúncia feita pela procuradoria geral. Agora, além de corrupção, Temer seria incriminado por obstrução de Justiça e organização criminosa. Resta aguardar para saber se Rodrigo Janot apresentará a nova denúncia