Imagine seu filho adulto te perguntando sobre os primeiros passos, primeiras palavras, desafios na escola e você não consegue se lembrar com muita clareza, ou pior, imagine se você tivesse perdido tudo isso, terrível, não é mesmo?

Se você sente que está passando pouco tempo com o seu filho e perdendo esses momentos tão preciosos, pare agora e leia este artigo até o fim. Pois, para o seu filho, a sua presença pode ser muito mais importante do que todos os luxos do mundo.

Neste artigo você vai entender o que é mais importante para uma criança – a condição financeira ou a presença? Você também vai aprender algumas dicas que podem te ajudar a se (re) conectar com os seus filhos.

PAIS E FILHOS: MAIS TEMPO JUNTOS

Segundo o site Brasil Escola: “toda atuação familiar é educativa. A forma como os pais reagem ou não, ensina à criança as consequências de seu comportamento, mesmo que essa não seja a intenção.
Ou seja, os pais têm muita importância na educação dos filhos, pois são exemplos para as crianças no processo de desenvolvimento delas. Os pais exercem, portanto, importante mediação na relação da criança com o mundo. Mas o que isso quer dizer afinal?

Isso significa que independente da vontade, os pais e as pessoas a volta estão sempre participando da educação de seus filhos, influenciando-os com suas atitudes. Sabendo disso, pergunte a si mesmo: Como você quer participar da educação do seu filho? Que exemplo você quer oferecer?

Você já deve ter ouvido muito sobre ser exemplo para os seus filhos, mas isso tem um significado muito mais profundo do que parece. Pois, diferente dos computadores, nossa memória age de maneira independente da nossa vontade.

Todos os pensamentos e emoções (negativos ou saudáveis) são registrados involuntariamente no nosso inconsciente. Isso significa que absolutamente tudo que você faz, com, e na frente do seu filho fica registrado em sua memória, consciente ou não, determinando que tipo de adulto ele será.

Não percebemos, mas os olhos atentos das crianças estão fotografando tudo e todos a nossa volta. A imagem que seu filho constrói de você não pode mais ser apagada. Neste sentido, é importante estabelecer uma relação rica com os pequeninos, pois é ela que servirá como alicerce para o seu crescimento.

Mesmo que você trabalhe muito e possa proporcionar qualquer presente material para os seus filhos, ainda que essa atitude seja muito boa, não se esqueça que a sua presença é muito mais importante que a sua condição financeira. Pois, crises financeiras ou dificuldades podem ser arremetidas sobre a relação entre vocês, mas, se ela tem bons alicerces, nada a destruirá.

CUIDADO COM O COTIDIANO

Com toda a agitação do dia a dia, podemos acabar por deixar de lado a nossa conexão com os nossos filhos. Afinal, é muito mais fácil deixar a criança algumas horas na frente do celular.

Esse tempo pode ser precioso para que possamos realizar os nossos afazeres, como trabalhar, tomar banho, arrumar a casa e etc.

O que nos esquecemos é que, esses momentos de “paz”, podem nos custar caro. Pois, na medida em que essa atitude vai pouco a pouco se tornando rotineira, mais somos propensos a perder a conexão com nossos filhos. Ao final, essa desconexão nos fará pais mais rudes e negligentes e filhos mais problemáticos.

COMO SE (RE) CONECTAR COM O SEU FILHO

Todavia, existem certas atitudes que podem ajudar a nos (re) conectarmos emocionalmente. Eis algumas pequenas dicas que podem fazer uma grande diferença:

  • tenha a coragem de falar sobre os seus medos com os seus filhos;
  • transforme a sua relação com seus filhos em uma aventura;
  • veja fotos de família em família;
  • diga o quanto eles são importantes;
  • pergunte sobre como foi o dia deles.

Você também pode cultivar certos hábitos capazes de ajudar na qualidade de vida e na aprendizagem dos pequeninos:

  • demonstre estar atento às atividades dos seus filhos;
  • Utilize brinquedos educativos e brinque junto com eles;
  • ajude-os nas tarefas escolares de casa;
  • quando eles estiverem na idade adequada, convide-os para praticarem um hobby em comum com você;
  • importante! desligue o celular.

Você aprendeu algumas dicas para se (re) conectar com os seus filhos. Também existem muitas outras dicas, dinâmicas e jogos que podem te ajudar a reconquistar aquela conexão brincando com seu filho.

Muito bem! Agora que você compreendeu o papel importante que você desempenha na vida do seu filho, não esqueça de deixar o celular de lado e separar aquele tempo livre para fazer a diferença na vida do seu filho.

Leave a comment

Fique ligado:

Site desenvolvido pela E-gnição.