O que definitivamente é um consenso geral ao viajar, é não causar nenhuma preocupação a quem ficou em casa devido a algum imprevisto. O seguro viagem internacional é o principal meio para obter essa segurança.

Alguns levantamentos de mercado apontam que mais de 40% dos seguros são para a Europa e, em segundo lugar, fica a América do Norte. Para voos domésticos essa porcentagem fica em torno dos 2%.

De 2015 a 2016 a procura por seguros viagem aumentou 72%, e de 2016 para 2017 aumentou em quase 88%. Isso significa que há sim resultados ao contratar um seguro viagem internacional.

Conheça agora 3 motivos para contratá-lo.

1.      Casos de doenças e acidentes

Você sabia que na Europa uma internação hospitalar de apenas 2 dias custa de U$3.000 a U$8.500 dólares? Não tem como negar a diferença que o seguro faz em uma situação como essa.

Quanto aos casos de acidentes fatais, em que se precisa de translado funerário, é importantíssimo que se tenha algum tipo de desconto para não pesar tanto no bolso além das orientações quanto às burocracias entre embaixadas.

2.      Seguro viagem internacional e problemas com a bagagem

Caso sua bagagem seja extraviada ou danificada, nem sempre será fácil obter uma atitude da companhia aérea. Nesse caso o seguro viagem também tem participação.

3.      O serviço não é caro

Se esses motivos ainda não te convenceram porque você acha que não compensa pelo preço, saiba que uma apólice de 7 dias, em geral, custa de R$95 a R$120 reais para os países mais procurados.

Além do mais, aposto que você alguma vez na vida já escutou alguém mais velho proferindo o ditado “o barato sai caro”. Conhecendo os valores dos serviços para não-segurados nesses países citados você deve ter agora absoluta certeza disso.

 

 

 

 

 

 

Leave a comment

Fique ligado:

Site desenvolvido pela E-gnição.