Suposto crime da TV Globo é descoberto e canal pode ser retirado do ar!

Suposto crime da TV Globo é descoberto e canal pode ser retirado do ar!

A Rede Globo de Televisão é a maior empresa de televisão do país.

 

O canal da família Marinho domina a audiência, mas está sendo acusado de cometer uma ação muito grave. A empresa é acusada de ter pago propina em situações envolvendo o pagamento de propina.

 

O canal nega, mas a cada dia novas testemunhas surgem para fazer acusações importantes a respeito do tema.

 

Agora a Globo recebe até mesmo acusações internacionais. Há até representações no Congresso Nacional que pedem o fim da sua concessão.

 

Caso o crime de propina fique comprovado, a empresa pode sair do ar.

 

 

Globo é acusada de pagar propina em caso envolvendo a Fifa e novas testemunhas aparecem

 

A situação da empresa se complica ainda mais.

 

O canal está agora tendo que se virar devido às acusações que envolvem os seus executivos. Apesar de dizer que não autorizou ninguém a usar seu nome para negociatas irregulares, a empresa está tendo que dar respostas à Justiça por tudo o que acontece.

 

Com isso, até mesmo as transmissões esportivas viram objeto da possibilidade de serem retiradas do ar. O crime envolveria até mesmo o principal evento do futebol, a Copa do Mundo.

 

O pagamento de propina o qual a Globo é acusado envolveria também a Televisa.

 

 

O ex-braço direito de José Maria Marin, que era o presidente da Fifa, deu detalhes sobre como esses pagamentos eram feitos.

 

Ele fez questão de fazer citações ao canal da família Marinho.

 

 

Globo diz que está ajudando nas investigações e nega propina
Em seus depoimentos, ele acusou os ex-presidentes da CBF José Maria Marim e Ricardo Teixeira, além do atual, Marco Polo Del Nero, de terem sido beneficiados com os pagamentos.

 

O Grupo Globo negou mais uma vez, dessa vez em contato com o jornal ‘Folha de São Paulo’, que estivesse pagando propina.

 

A entidade mostrou-se bastante surpresa com tudo o que acontecia e disse que está ajudando nas investigações.

 

A empresa ressaltou que é contra a prática de pagamento de propinas.

 

Curiosamente, o tema também tem sido frequentemente abordado nos telejornais do canal.